Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Visitas ImPerfeitas

Site Meter



Já descobri como resolver o problema

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 26.09.12

Demoro, demoro, mas chego lá...Isto de tentar resolver o problema, por via de tentativas lá surte o seu efeito.

 

Para quem tenha twitter e queira incorporar esta funcionalidade na página do blog só basta seguir as indicações dadas pelo twitter e MUITO IMPORTANTE (não façam como eu): quando pedir o domínio da página onde vão inserir esta funcionalidade (conhecido como widget) insiram o nome do vosso blog, por exemplo ameninaimperfeita.blogs.sapo.pt . Depois de guardarem todas as informações, basta copiarem o código, colá-lo numa das componentes que queiram (personalização intermédia-componentes). Depois Não se esqueçam de ativar essa componente nas posições (também na personalização intermédia).

 

Espero que seja útil a alguém :P

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:55

Não percebo #1

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 26.09.12

Olá. :)

 

Alguém me ajuda a perceber a lógica do Presidente do Benfica?

 

Eu explico: há uns dias ele fez um discurso sobre a necessidade que o Benfica teve em vender jogadores e possivelmente, ter que vender mais jogadores (durante o mercado de janeiro) e baixar os salários aos jogadores (digo eu).

 

Então porque é que ele decide, agora, rever o contrato do jogador Cardozo? A revisão vai-se traduzir num possível aumento, mas pergunto-me isso não se deveria ter feito antes? Isso não deveria ter sido feito na mesma altura em que outros contratos foram revistos?

 

Porque é que vem com o discurso de vender jogadores e baixar salários, se para passados dois ou três dias aumentar o salário ao Cardozo?

 

NÃO PERCEBO!!!!

 

Se alguém perceber, que tenha a gentileza de mo explicar. Obrigada :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:42

Twitter

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 26.09.12

Bom dia a todos :)

 

Alguém sabe-me explicar como inserir esta funcionalidade no meu blog,sf? Já estive na página do twitter e criei o widget, seguindo as intruções. Já copiei o código e coloquei-o no widget da minha página e não apareceu isto :s Já pus também numa das componentes (e ativei-a posteriormente) e também não apareceu isto. Estou  a fazer alguma coisa mal? HELP

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:34

Atualidade#2 Liberdade de Expressão e o Uso da Violência

por Menina ImPerfeita, Segunda-feira, 24.09.12

Bom dia a todos :)

 

Esta semana vai ser recheada de posts sobre atualidade política e social, como já devem ter reparado pelo post anterior. I can't help it. Como já referi é um dos meus interesses desde sempre. Parece-me que existe sempre algo a dizer sobre estes assuntos, além disso a semana passada foi rica neste área e eu tenho que opinar porque há atitudes que me transcendem.

 

O tema de hoje é sobre a liberdade de expressão, até que ponto ela deve ser tolerada ou censurada? Qual é o limite da liberdade de expressão?

Sempre me ensinaram desde pequenina que a minha liberdade acabava onde começava a da outra pessoa. A moral da história tinha que respeitar os outros, para ser respeitada. Tinha liberdade para dizer o que achava, mas deveria ter em conta as opiniões dos outros, mesmo que não concordasse com elas, deveria aceitá-las já que só poderia haver um debate saudável se as opiniões fossem aceites de igual modo.

Já há uma semana, ou mais, que anda a circular um vídeo no youtube sobre a religião islamita, segundo na opinião de muitos a ridicularizar esta religião. Acho esse tipo de atitude e quem apoia este género de atos, simplesmente ridículo, cobarde. O princípio de qualquer religião, que não seja interpretada de forma extrema (quer seja a católica, a muçulmana, outra qualquer), é o bem ao próximo, a união das pessoas, a paz interior, praticar o bem e não o mal, aceitar o diferente. Apoio as manifestações que se seguiram a este vídeo têm toda e qualquer legitimidade para o fazer. Apesar desta legitimidade, não têm o direito de tirar a vida a uma pessoa só porque é um símbolo do país inimigo. Não têm esse direito, isso está errado e em qualquer estado de direito existe um nome vulgar para isso, crime. A morte do embaixador dos EUA e de mais algumas pessoas constitui um crime, foi um assassinato.

Muitos árabes pediram desculpas por essa atitude, não querem ser vistos como extremistas. Para mim não são extremistas, extremistas são as pessoas que se aproveitam da religião para tirarem proveitos próprios (sejam eles económicos, sociais ou mesmo políticos).

 

O ministro da defesa paquistanês já ofereceu uma recompensa pela "cabeça" do realizador. Acho isto incrível, como é que a morte de uma pessoa vai trazer paz às outras? Estamos a falar de uma pessoa que realizou um filme, muito possivelmente do ponto de vista radical. A morte dele não vai apagar o vídeo já divulgado, por muito que seja bloqueado por vários países árabes. Esta oportunidade deveria servir para reverem as leis e os comportamentos. Ensinarem às pessoas que o extremismo religioso só traz consequências negativas. Deveríamos aprender com estas acções e não a incitarmos a mais episódios de violência, em que quem sofre mais são os inocentes que não possuem capacidades para se defenderem.

 

Infelizmente não foi só o ministro paquistanês que tirou proveito político desta situação. Após a divulgação do vídeo, uma revista francesa, bastante conhecida pela sátira (religiosa, política, you name it), fez uma capa alusiva ao vídeo.

(retirada deste link: http://hern.over-blog.com/article-charlie-hebdo-intouchable-2-et-apres-110255789.html )
A França é um dos países europeus com mais cidadãos árabes. Como devem imaginar esta situação foi muito criticada e mais uma vez, surgiu o tema da liberdade de expressão. Neste caso, tratando-se de um jornal satírico, na minha opinião já era de esperar uma capa deste género. O jornal teve em conta a linha editorial e decidiu arriscar. Acho que teve razão em fazê-lo, embora o contexto actual não fosse o mais aconselhável para o fazer. Verdade seja dita, o humor negro faz piadas sobre tudo, incluindo sobre o 9/11 e o holocausto. Claro que aí a liberdade de expressão depende muito da sensibilidade e da abertura da pessoa. Aí cabe a cada um decidir se as conta ou não, avaliar a liberdade de expressão do outro. No entanto, não é possível esquecer que estes temas são sempre mais sensíveis de abordar.
A Marine Le Pen, filha de Jean-Marie le Pen (que esteve quase para ser eleito Presidente da República francês contra Jacques Chirac), é presidente do partida de extrema-direita Front National. Numa reportagem sobre esta capa satírica, ela estava a defender a liberdade de expressão. Achei curioso por duas razões: a primeira porque acho estranho uma pessoa de extremos (quer seja direita ou esquerda) defender qualquer coisa que envolva liberdade; a segunda porque ela, no fundo, estava a atacar os emigrantes (alvo preferencial deste partido) que são a fonte de tantos problemas (não vos lembra o discurso de alguns ditadores da primeira metade do século XX?). Curioso que a liberdade de expressão que ela nessa entrevista tanto defendia ser no fundo, um ataque aos árabes residentes em França.
Mais uma vez, a liberdade de expressão foi usada para aquilo que deveria ser interdita a sua utilização, para proveito próprio.
Eu sou a favor da liberdade de expressão, acho que é essencial para qualquer sociedade, seja ocidental, seja oriental. Mas também sou contra esta liberdade ser usada para fins próprios, sobretudo quando em muitos países, obtê-la custou vários períodos de ditadura, censura e opressão. Cada vez mais ela está a ser utilizada para fins próprios e devemos ter cuidado com isso, principalmente quando políticos ou outras personalidades a usam como arma.
Façam uso da vossa liberdade de expressão, mas tenham cuidado e lembrem-se disto a vossa liberdade de expressão acaba quando a minha começar.
xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:43

Atualidade#1 China e Japão

por Menina ImPerfeita, Domingo, 23.09.12

Olá a todos :)

 

Um dos meus interesses, desde sempre, foi a política e a injustiça social que certos países praticam. A China tem sido um dos exemplos mais notórios, mas não dos mais extremos se tivermos em conta os "últimos" acontecimentos chocantes da Síria e em outros países árabes.

O caso da "China e Japão" não é novo, aliás é muito semelhante a tantos outros, relembrem-se do caso da Argentina e a Grã-Bretanha e das Ilhas Malvinas (aqui fica um artigo sobre o assunto, existem vários. é só uma questão de procurar). Por isso, quando não somos confrontados com notícias sobre os preços astronómicos do petróleo, da crise (seja ela qual for),guerra e injustiças (sejam também elas de que género forem) lá vem uma destas notícias que lá nos despertam a atenção.

 

Antes de dar a minha opinião sobre o assunto, deixo aqui uma breve contextualização sobre o assunto. A China e o Japão, do pouco que sei sempre foram rivais, um factor que ganha mais notoriedade agora com a disputa de um grupo de ilhas. É um grupo de ilhas desabitado, mas interessante do ponto de vista económico e comercial, por causa dos recursos que possui. Daí a razão da revolta chinesa quanto à compra destas ilhas pelo Japão.

 

Mas vamos a factos:

1. Algumas das ilhas pertenciam a privados japoneses.

2. Foram essas ilhas que foram compradas pelo governo japonês.

 

Agora expliquem-me qual é o problema da China? A China não suporta concorrência, tenta ser melhor em tudo (algo que deve ser valorizado e acho que muitos tentam e poucos conseguem). Estas ilhas (ou melhor dizendo, os recursos delas têm sido disputados) mas não pertencem nem à China, nem ao Japão. Senão já fariam parte do território de um destes países antes. A China não tem moral nenhuma para criticar o Japão, nem para se manisfestar contra este tipo de medida. Porquê? Vejam a constituição do território chinês e a forma como ele conquistado e dominado (refiro-me às províncias além-mar, por exemplo Tibete, Macau (comprado ou cedido a Portugal) ou Hong Kong (colónia britânica)).

 

Agora questiono que moral tem a China ou os chineses que apoiam estas conquistas "de territórios chineses além-mar" para estarem a manifestarem-se contra o Japão? A China não suporta concorrência na sua zona geográfica, por isso, não admite que o Japão tenha a ousadia de comprar aquelas ilhas e consequentemente, os recursos adjacentes. Contudo, a China esquece-se que nem ela, nem o Japão são donos daqueles recursos. Pois a China se quer manisfestar, ao menos que o faça da maneira honesta e diga claramente que quer os recursos e não as ilhas.

Mas isso já era usar demasiada liberdade de expressão, não era?

 

Concluindo, esta luta relembra a luta entre a Argentina e a Grã-Bretanha ou entre a Espanha e Marrocos ou entre simplesmente duas comadres que se zangaram e que agora se descobrem as verdades (por exemplo Passos Coelhos e Paulo Portas).

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:45

Dad #1

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 19.09.12

Filha (há umas semanas atrás): não quero pôr palha na introdução, bla bla bla...

 

entretanto o meu orientador disse que teria que fazer introdução...

 

hoje o meu pai sai-se com esta:

- quando é que fazes a matrícula?

- quando me for permitido na plataforma da fac...

- para quem não queria pôr palha na introdução e tal...

 

o meu papá adora mandar boquinhas, piadinhas, adora ter sempre razão, apesar de nunca a ter...

 

se ele fosse dar uma curva e me deixasse em paz é que era porque já que não tem nada de positivo para dizer à própria filha, então que não diga PORRA!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:43

1 ano

por Menina ImPerfeita, Terça-feira, 18.09.12

Faz hoje um ano que vivi um dos piores dias da minha vida. Parece que se passou ontem, ainda me lembro da ordem dos acontecimentos, dos telefonemas que tive que fazer, das atitudes de todos...está tudo fresquinho. Não vou dizer que estou de luto, não estou...Mas isso não significa que não esteja com saudades suas porque estou. Gostaria que estivesse cá para ter ido ao casamento do neto mais velho, para ter vivido a entrada do neto mais novo na faculdade e para daqui a uns meses me ver a terminar o mestrado. Já não está entre nós, a nível fisíco, mas estará sempre presente no meu coração.

Faz falta e não sabe o quanto. Era o elo da ligação da nossa família, mesmo que ninguém tivesse tido a coragem do dizer.

 

Que continue em paz e a ser a nossa estrelinha...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

às 19:11

Novidades: twitter + nova rubrica

por Menina ImPerfeita, Terça-feira, 18.09.12

Olá a todos :)

 

Como prometido venho anunciar as novidades para o blog :)

 

A primeira  é a nova conta no twitter. Aqui fica a conta : https://twitter.com/beimperfeita

 

O twitter é uma rede social em que tudo o que se escreve tem que ter até ao máximo de 140 caractéres. Como já sou utilizadora do twitter, achei que faria sentido criar só uma conta para o blog. Assim posso partilhar com vocês pensamentos, barracas, anedotas, opiniões tudo até 140 caractéres, não se esqueçam ;)

 

A segunda novidade é criação de uma nova rubrica que será publicada semanalmente (espero não falhar :P). É uma rubrica sobre cinema, em que dou a minha opinião como espectadora. Vou  dizer se o filme merece a pena ser visto ou não, tão simples quanto isto e porquê, segundo a minha opinião.Se caso o estiverem para ver no cinema, se vale a pena irem-no ver...Haverá opiniões sobre filmes que estão, actualmente, no cinema e outros que já não estão...Mas leiam as rubricas e digam se concordam ou não...Opiniões construtivas são sempre bem-vindas, as outras (as descontrutivas) que fiquem em casa ;)

 

Que acham das novidades? Desiludidos ou surpreendidos? Gostaram ou nem por isso? Digam o que acham, aqui ou no twitter, fico à vossa espera ;)

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:48

update #2

por Menina ImPerfeita, Domingo, 16.09.12

Olá a todos.

 

Este mês está a ser um mês um pouco difícil a nível académico e consequentemente pessoal. Vou ter que comprar mais um semestre, na teoria. Na prática vai se traduzir num mês a dois meses de puro trabalho. Vai ser complicado não ir abaixo, emocionalmente, não ceder ao que esperam de mim, uma menina fraquinha que necessita de toda ajuda possível para conseguir fazer algo. Nestes últimos dois anos, posso ter passado essa imagem, mas não sou assim e não vai ser assim que vou acabar o meu percurso académico.Tenho dias em que descubro uma força, uma determinação, teimosia, vontade de vencer, uma ambição que já não me lembrava que tinha. E é bom que isso se reflita tanto no exterior, como no interior.

 

Estou a mimar-me um pouco mais, não ser tão desleixada com a minha imagem. Não é por estar a passar um período mau que tenho que me privar de mimos pessoais, que tenho que me castigar e pensar que não tenho direito. É precisamente o contrário :P

 

Enfim, mas nem tudo são más notícias :P

 

Em outubro vou iniciar um part-time numa loja, não é na minha área de formação, mas estou muito contente por o começar. Depois conto-vos como vai ser.

 

Além disso, também há novidades aqui no blog, mas essas ficam para amanhã :)

 

Espero que gostem ;)

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:31

"Vão-se foder"

por Menina ImPerfeita, Quinta-feira, 13.09.12

Olá a todos.

 

Encontrei este texto através da fonte que é o facebook :p O texto que vou transcrever de seguida não é da minha autoria, mas subscrevo os sentimentos e a revolta expressa neste texto.

 

"Descobri este texto de uma portuguesa de 32 anos, uma cidadã que diz o que sente e pensa a partir da sexta-feira passada. É um texto impressionante, que vivamente recomendo. Leiam, por favor, até ao fim.


"Vão-se foder.
Na adolescência usamos vernáculo porque é “fixe”. Depois deixamo-nos disso. Aos 32 sinto-me novamente no direito de usar vernáculo, quando realmente me apetece e neste momento apetece-me dizer: Vão-se foder!
Trabalho há 11 anos. Sempre por conta de outrém. Comecei numa micro empresa portuguesa e mudei-me para um gigante multinacional.
Acreditei, desde sempre, que fruto do meu trabalho, esforço, dedicação e também, quando necessário, resistência à frustração alcançaria os meus objectivos. E, pasme-se, foi verdade. Aos 32 anos trabalho na minha área de formação, feliz com o que faço e com um ordenado superior à média do que será o das pessoas da minha idade.
Por isso explico já, o que vou escrever tem pouco (mas tem alguma coisa) a ver comigo. Vivo bem, não sou rica. Os meus subsídios de férias e Natal servem exactamente para isso: para ir de férias e para comprar prendas de Natal. Janto fora, passo fins-de-semana com amigos, dou-me a pequenos luxos aqui e ali. Mas faço as minhas contas, controlo o meu orçamento, não faço tudo o que quero e sempre fui educada a poupar.
Vivo, com a satisfação de poder aproveitar o lado bom da vida fruto do meu trabalho e de um ordenado que batalhei para ter.
Sou uma pessoa de muitas convicções, às vezes até caio nalgumas antagónicas que nem eu sei resolver muito bem. Convivo com simpatia por IDEIAS que vão da esquerda à direita. Posso “bater palmas” ao do CDS, como posso estar no dia seguinte a fazer uma vénia a comunistas num tema diferente, mas como sou pouco dado a extremismos sempre fui votando ao centro. Mas de IDEIAS senhores, estamos todos fartos. O que nós queríamos mesmo era ACÇÕES, e sobre as acções que tenho visto só tenho uma coisa a dizer: vão-se foder. Todos. De uma ponta à outra.
Desde que este pequeno, mas maravilhoso país se descobriu de corda na garganta com dívidas para a vida nunca me insurgi. Ouvi, informei-me aqui e ali. Percebi. Nunca fui a uma manifestação. Levaram-me metade do subsídio de Natal e eu não me queixei. Perante amigos e família mais indignados fiz o papel de corno conformado: “tem que ser”, “todos temos que ajudar”, “vamos levar este país para a frente”. Cheguei a considerar que certas greves eram uma verdadeira afronta a um país que precisava era de suor e esforço. Sim, eu era assim antes de 6ª feira. Agora, hoje, só tenho uma coisa para vos dizer: Vão-se foder.
Matam-nos a esperança.
Onde é que estão os cortes na despesa? Porque é que o 1º Ministro nunca perdeu 30 minutos da sua vida, antes de um jogo de futebol, para nos vir explicar como é que anda a cortar nas gorduras do estado? O que é que vai fazer sobre funcionários de certas empresas que recebem subsídios diários por aparecerem no trabalho (vulgo subsídios de assiduidade)?… É permitido rir neste parte. Em quanto é que andou a cortar nos subsídios para fundações de carácter mais do que duvidoso, especialmente com a crise que atravessa o país? Quando é que páram de mamar grandes empresas à conta de PPP’s que até ao mais distraído do cidadão não passam despercebidas? Quando é que acaba com regalias insultosas para uma cambada de deputados, eleitos pelo povo crédulo, que vão sentar os seus reais rabos (quando lá aparecem) para vomitar demagogias em que já ninguém acredita?
Perdoem-me a chantagem emocional senhores ministros, assessores, secretários e demais personagem eleitos ou boys desta vida, mas os pneus dos vossos BMW’s davam para alimentar as crianças do nosso país (que ainda não é em África) que chegam hoje em dia à escola sem um pedaço de pão de bucho. Por isso, se o tempo é de crise, comecem a andar de opel corsa, porque eu que trabalho há 11 anos e acho que crédito é coisa de ricos, ainda não passei dessa fasquia.
E para terminar, um “par” de considerações sobre o vosso anúncio de 6ª feira.
Estou na dúvida se o fizeram por real lata ou por um desconhecimento profundo do país que governam.
Aumenta-me em mais de 60% a minha contribuição para a segurança social, não é? No meu caso isso equivale a subsídio e meio e não “a um subsído”. Esse dinheiro vai para onde que ninguém me explicou? Para a puta de uma reforma que eu nunca vou receber? Ou para pagar o salário dos administradores da CGD?
Baixam a TSU das empresas. Clap, clap, clap… Uma vénia!
Vocês, que sentam o já acima mencionado real rabo nesses gabinetes, sabem o que se passa no neste país? Mas acham que as empresas estão a crescer e desesperadas por dinheiro para criar postos de trabalho? A sério? Vão-se foder.
As pequenas empresas vão poder respirar com essa medida. E não despedir mais um ou dois.
As grandes, as dos milhões? Essas vão agarrar no relatório e contas pôr lá um proveito inesperado e distribuir mais dividendos aos accionistas. Ou no vosso mundo as empresas privadas são a Santa Casa da Misericórdia e vão já já a correr criar postos de trabalho só porque o Estado considera a actual taxa de desemprego um flagelo? Que o é.
A sério… Em que país vivem? Vão-se foder.
Mas querem o benefício da dúvida? Eu dou-vos:
1º Provem-me que os meus 7% vão para a minha reforma. Se quiserem até o guardo eu no meu PPR.
2º Criem quotas para novos postos de trabalho que as empresas vão criar com esta medida. E olhem, até vos dou esta ideia de graça: as empresas que não cumprirem tem que devolver os mais de 5% que vai poupar. Vai ser uma belo negócio para o Estado… Digo-vos eu que estou no mundo real de onde vocês parecem, infelizmente, tão longe.
Termino dizendo que me sinto pela primeira vez profundamente triste. Por isso vos digo que até a mim, resistente, realista, lutadora, compreensiva… Até a mim me mataram a esperança.
Talvez me vá embora. Talvez pondere com imensa pena e uma enorme dor no coração deixar para trás o país onde tanto gosto de viver, o trabalho que tanto gosto de fazer, a família que amo, os amigos que me acompanham, onde pensava brevemente ter filhos, mas olhem… Contas feitas, aqui neste t2 onde vivemos, levaram-nos o dinheiro de um infantário.
Talvez vá. E levo comigo os meus impostos e uma pena imensa por quem tem que cá ficar.
Por isso, do alto dos meus 32 anos digo: Vão-se foder"


Fonte: consultem o link


xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:18

As fotos/vídeos são, na sua maioria, retirados da net. Caso esteja a utilizar alguma imagem ou vídeo , de forma indevida, peço que me contactem através deste mail (somosterriveis@sapo.pt) e será logo retirado. As minhas fotos estão identificadas. Está proibida a sua cópia sem o meu consentimento prévio. Os textos são todos da minha autoria, logo a sua reprodução está expressamente proibida, sem a minha permissão prévia. Cito textos de autores, os quais estão devidamente identificados. Contudo, caso os autores dos textos citados se sintam lesados por algum motivo, peço que me contactem através do mail (somosterriveis@sapo.pt) e eles serão retirados de imediato.


Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    ??????????

  • *Nightwish*

    Não sou grande fã da Pandora, confesso. Mas há uma...

  • *Nightwish*

    Ainda só li os dois primeiros do Robert Langdon do...

  • *Nightwish*

    Força miúda!! Voltei de propósito para te mandar f...

  • zootpum

    Bom ano!Os anos de transição são duros mas são ao ...





subscrever feeds



Pág. 1/3