Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor



calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Visitas ImPerfeitas

Site Meter



Saw it and neither hated it, nor loved it - Crazy, Stupid Love

por Menina ImPerfeita, Sexta-feira, 30.11.12

Olá a todos :)

 

Hoje é dia de rubrica :) YEAHH!! vá, vá, vá, já chega de palmas e de gritos :P Hoje a rubrica é um filme para os fãs de cinema mais românticos, para aqueles que se emocionam com uma história de amor. Vou-vos confessar que não sou fã de comédias românticas (já não fazem o meu género, aliás acho que só fizeram quando eu era uma romântica lamechas :/, já não sou :P ). No entanto a pensar naqueles que são, na minha opinião, vou-vos aconselhar uma comédia romântica de qualidade com atores, mais uma vez na minha opinião, de qualidade. No elenco temos Steve Carell, Julianne Moore, Emma Stone, Kevin Bacon e por último Ryan Gosling (o qual eu pensava que não sabia representar, mas para além de charmoso, até nem é mau de todo).

 

Resumo da história:

 

Este filme tem como base a história de um casal que está casado há alguns anos e que de repente a esposa pede o divórcio. O marido sem saber como reagir a tal pedido, encontra a sua terapia junto de um galã que o ensina a redescobrir-se e principalmente, ensina-o a ser um autêntico galã. Todavia, também existem histórias mais pequenas que também merecem a devida atenção, como por exemplo a história do amante e da pessoa que está separada, a história da pessoa que se contenta com pouco e não arrisca, a história de um adolescente que está apaixonado pela primeira vez e insiste em afirmar que aquele amor será para sempre. Não referi as personagens que interpretam as histórias porque isso cabe a vocês descobrirem ;)

 

Porque é que é um "nim"?

 

Para já porque é uma comédia romântica, tem esse estereótipo. Verdade seja dita que tinha este filme há cerca de um ano no pc e não me dignava a ver por causa do rótulo. SHAME ON ME, I know. Contudo, é uma comédia romântica real, sem artíficios ficticíos que nós saberíamos que na vida real tal era impossível de acontecer. É uma história com um "verdadeiro" final feliz, em que nem tudo é perfeito, tudo não é um mar de rosas. Além disso, os actores foram bem escolhidos para cada papel, o que faz com que o espectador não pense noutro actor para aquele papel, que não este actor em particular. De sublinhar as interpretações de Steve Carell, Ryan Gosling, Emma Stone e Marisa Tomei (está simplesmente espectacular).

 

Sugestão de companhia?

Com o namorado, com o cobertor por cima, a lareira acesa e um belo balde de pipocas :)

 

Vale menu pipocas + bedida?

 

Só vale meio menu e se estiverem na disposição entre escolher um balde de pipocas ou a bebida :)

 

Avaliação do IMDb: 7.5/10

 

Citações:

 

"- I'm so mad at you. I'm really mad at you for what you did. But I'm mad at myself too. Because I should not have jumped out of that car - I should have fought for you. Because you fight for your soul mates.
-I miss you. "

 

"I will never stop trying. Because when you find the one... you never give up."


"-Are you the billionaire owner of Apple Computers?
-No.
-Oh, ok. In that case, you've got no right to wear New Balance sneakers, ever.

 

 

"-[after kissing him passionately] Do you remember me?
-[fazed by the kiss] Yeah.
-Do you still find me attractive?
-Yes.
-Do you still want to take me home?
-Yeah.
-Let's go."

 

"Will you take off your shirt... fuck! Seriously? It's like you're Photoshopped!"

 

"I have loved her even when I hated her... only married couples'll understand that one..."

 

"I have purchased a firearm."

 

Espero que depois de lerem a rúbrica que ganhem vontade de verem o filme. Qual era o próximo filme que gostariam de ver aqui? Deixem as vossas sugestões nos comentários ou no twitter em cima :)

 

xoxo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:28

"Como é que tu e o P. conseguem?"

por Menina ImPerfeita, Quinta-feira, 29.11.12

Bom dia a todos :)

 

Sempre que vou tomar café com um(a) amigo(a), mais cedo ou mais tarde, acabam por perguntar como está o P.

Eu respondo, quase sempre, que ele está bem e se não está que se ponha :P (recordando uma frase da minha mãe relativa ao meu mau-humor. Ela diz frequentemente se estou de mau humor, que me ponha de bom humor).

Os meus amigos acabam, quase sempre, por fazer um comentário deste género: "Não sei como vocês conseguem" ou "Não sei como vocês aguentam a distância".

 

Passo a explicar, eu e o P. vemo-nos entre 3 a 4 vezes por ano (normalmente não menos do que uma semana). Estamos separados por 900 km.

Eu vivo em Portugal e ele em Espanha. Estamos assim há dois anos (fizemos 2 anos de namoro em setembro). Falamos todos os dias, temos as mesmas picardias que tantos casais (a maior parte, tenho que admitir que sou eu qe provoco. faço mea culpa), rimo juntos, desabafamos juntos. Enfim, somos um casal normal, com o pormenor de termos 900 km a separar-nos e só nos vermos 3 a 4 vezes por ano.

 

As saudades são sempre imensas e os dias que passamos juntos não dá para matar um décimo das saudades que sentimos um pelo outro.

Isto tudo para dizer que quando me perguntam "como é que vocês aguentam?" ou comentam "não sei como vocês conseguem" e eu respondo também "não sei, aguentando" é porque não sei mesmo. Nem acho que o P. sabe. Aguentamos porque é a única solução de momento. Não quer dizer que este cenário se prolongue, como é lógico. Nós aguentamos porque sabemos que vai chegar o dia em que eu ou o P. vamos apanhar o avião e que num espaço de horas estaremos juntos outra vez.

 

Desta vez, só falta 21 dias para tirarmos fotos como esta:

 

 

(a foto é minha. proibida a sua reprodução)

 

A foto foi tirada na terra do P., no dia 14/09/2010, no dia em que lhe pedi em namoro :)

 

xoxo

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:36

...

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 28.11.12

Dura há dias, parece que nunca passou. Sinto-me triste, não tenho vontade de acabar absolutamente nada. Sinceramente, nem sei porque venho para uma biblioteca se todos os dias parecem uma repetição do anterior. Se todos os dias parecem que não houve progresso.

Posso me deslugar de tudo e só voltar daqui a uns tempos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:08

"A Sombra do Vento" por Carlos Ruiz Zafón

por Menina ImPerfeita, Terça-feira, 27.11.12

A minha opinião: recomendo este livro a quem deseja ler um livro emocinante e que o prenda até à última página.

 

"Alguém disse uma vez que no momento em que paramos a pensar se gostamos de alguém, já deixamos de gostar dessa pessia para sempre..." (pág. 189)

 

"-Provavelmente porque um estranho nos vê como somos, e não como quer acreditar que somos.

-Isso também é do teu amigo Carax?

-Não, isto acabo eu de inventar para te impressionar.

-E como vês tu a mim?

-Como um mistério.

-Esse é o elogio mais estranho que alguma vez me fizeram.

- Não é um elogio. É uma ameaça.

- Porquê?

-Os mistérios é preciso resolvê-los, averiguar o que escondem.

- Se calhar decepcionas-te ao ver o que há lá dentro.

- Se calhar surpreendo-me. E tu também." (pág. 190)

 

"-Olhe, tudo isso são caganifâncias. O casamento e a família não são mais do que aquilo que fazemos deles. Sem isso, não são mais do que uma caterva de hipocrisias. Ninharias e palavreado. Mas se há amor de verdade, do qual nunca se fala nem se apregoa aos quatro ventos, do que se nota e se demonstra..." (pág. 200)

 

"Há poucas razões para dizer a verdade, mas para mentir o número é infinito." (pág. 210)

 

"-Bom, às vezes estas egrégias instituições oferecem uma ou duas bolsas de estudo para os filhos do jardineiro ou de um engraxador para assim mostrarem a sua grandeza de espírito e caridade cristã - expôs Fermín. - A maneira mais eficaz de tornar os pobres inofensivos é ensiná-los a quererem imitar os ricos. É esse o veneno com que o capitalismo cega..." (pág. 213)

 

"O homem mais sábio que alguma vez conheci, Fermín Romero de Torres, tinha-me explicado numa ocasião que não existia na vida experiência comparável com a da primeira vez que se despe uma mulher. Sábio como era, não me tinha mentido, mas tão-pouco me contara toda a verdade. Nada me tinha dito daquele estranho tremelique das mãos que convertia cada botão, cada fecho éclair, em tarefa de titãs." (pág. 257)

 

"Devolveu-me um sorriso quebrado, de medo e de solidão. Vi-me então a mim mesmo através dos seus olhos; apenas um rapaz transparente que tinha conquistado o mundo numa hora e que não sabia que o podia perder num minuto." (pág. 259)

 

"De todas as coisas que o Júlian escreveu, aquela que sempre senti mais próxima é que enquanto nos recordam, continuamos vivos. Como tantas vezes me sucedeu com o Júlian, anos antes de me encontrar com ele, sinto que te conheço e que, se posso confiar em alguém, é em ti. Lembra-te de mim, Daniel, mesmo que seja num canto e às escondidas. Não me deixes ir." (págs. 462-463)

 

"Para o meu amigo Daniel, que me devolveu a voz e a caneta. E para Beatriz, que nos devolveu a ambos a vida."(pág. 506)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:33

Saw it and neither hated it, nor loved it - Quantum of Solace

por Menina ImPerfeita, Domingo, 25.11.12

Olá a todos :)

 

E chegamos ao final da série de quatro filmes. O último é Quantum of Solace, também protagonizado pelo Bond, James Bond ;)

 

Resumo da história:

Neste filme, Bond vai procurar vingar-se daquele que matou a amada no filme anterior, no Casino Royal, mas no entretanto precisa de impedir um ambientalista louco de se apoderar do recurso mais valioso do planeta Terra.

 

Porque é que é um "nim"?

É um daqueles filmes que parece que falta algo. Apesar das cenas de acção estarem todas lá, a bond girl ser toda jeitosa, ele continuar jeitoso o quantum of solace não parecia estar completo. Acho que foi por essa razão que o filme não teve tanto sucesso quanto o seu antecessor, o Casino Royal.

 

 

Sugestão de companhia?

Um amante de filmes de acção.

 

Vale menu pipocas+bebidas?

Só pipocas :P

 

 

Avaliação do IMDb: 6.7/10

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:28

Saw it and loved it - Casino Royal

por Menina ImPerfeita, Sábado, 24.11.12

Olá a todos :) Prontos para mais uma rúbrica de "Saw it and ?" ? Sim??Simmmmmm? Então aqui vai ;) Este filme de 007 é, na verdade, o primeiro livro escrito por Ian Flemming da saga 007. Surpreendentemente, é um dos últimos da saga a ser realizado. Muitos levantavam dúvidas sobre se Daniel Craig teria um bom desempenho como 007. Bem, aqueles que duvidaram, levaram um bom banho de água fria :P

 

Resumo da história:

Este filme conta um lado mais pessoal de 007 já que ele acaba por se apaixonar. No entanto, isso não impede o James Bond de tentar concluir a missão que lhe foi pedida que neste caso é impedir um banqueiro, que financia organizações terroristas, de vencer um torneio de poker.

 

Porque é que o amei?

Pela demonstração da vulnerabilidade do James Bond. Pelas cenas de acção que estavam mais espectaculares de que nunca, mas sobretudo pela interpretação de Daniel Craig.

 

Sugestão de companhia?

 

Amante de filmes de acção ou do género de 007.

 

Vale menu pipocas+bebida?

Sem dúvida ;)

 

 

Avaliação do IMDb: 7.9/10

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:30

Contra a Violência Doméstica

por Menina ImPerfeita, Sexta-feira, 23.11.12

Porque hoje é o dia contra a Violência Doméstica e é preciso ser assinalado e lembrado todos os dias. A APAV fez esta campanha que merece todo o crédito, embora não seja pelos piores motivos, visto que infelizmente a frase que aparece nos cartazes se concretiza todos os dias :/

Aqui ficam os cartazes:

 

 

(cartazes retirados da internet)

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:33

Saw it and Loved it - A Dívida (The Debt)

por Menina ImPerfeita, Sexta-feira, 23.11.12

Olá a todos :)

 

Hoje é dia da publicação da segunda rubrica da série de 4. Hoje é sobre o filme A Dívida (The Debt) realizado por John Madden, contando com as interpretações das personagens Rachel ( Helen Mirrer e Jessica Chastain); Stephan (Tom Wilkson e Marton Csokas) e David (Ciarán Hinds e Sam Worthington) e do vilão Jesper Christensen, o qual este último interpreta uma personagem inspirada no Anjo da morte (sendo Joseph Mengel o seu nome verdadeiro) do campo de concentração de Auschwitz, durante o regime nazista.

 

Resumo da história:

Este filme conta uma missão realizada por três agentes (Rachel, Stephan e David) por  da Mossad, em busca de um criminoso de guerra nazi, em 1966. Até ao ano de 1997, foram considerados heróis em Israel, devido a esta missão. Mas ao receberem uma notícia de David as suas vidas  mudam por completo...

 

Porque é que eu o amei?

O que eu mais amei nesta história foi o suspense de como a missão de estes três agentes da Mossad se desenrolaria. No entanto, não foi o único aspeto, a forma como o Anjo da Morte foi pensado e interpretado leva com que o próprio espectador tenha vontade fazer justiça pelas suas próprias mãos. Um filme emocioante que prende o espectador até ao último segundo...

 

Sugestão de companhia?

Um amante de thrillers ;)

 

Vale menu pipocas+bebida?

Sim e não se esqueçam de uma manta quentinha porque com este frio é o que apetece :P

 

Avaliação do IMDb: 6.9/10

 

Vejam o filme e já sabem depois dêem a vossa opinião ;)

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 18:12

Saw it and Loved it - Munique

por Menina ImPerfeita, Quinta-feira, 22.11.12

Olá a todos mais uma vez :)

 

Como o prometido é devido, aqui fica a primeira publicação da série de 4 desta semana. O filme do qual vos vou falar é baseado em factos verídicos, infelizmente. Realizado por Steven Spielberg, ele decidiu retratar a vingança levada a cabo pelos compatriotas israelistas para vingar o atentado, que acabou na morte, de toda a comitiva olímpica israelita nos Jogos Olímpicos de 1972 na cidade alemã de Munique.

 

Alerto desde já que não é um filme fácil de ver, nem de digerir. Não tem cenas repletas de violência, mas sentimos de perto todo o dilema protagonizado por Eric Bana, e é isso que, mais uma vez, não é fácil de ver, e muito menos de ser esquecido.

 

Resumo da história:

 

Este filme relata o plano de vingança e os assassinos de dois membros de Setembro Negro que conseguiram fugir depois do atentado de Munique. Vemos também a versão de Spielberg sobre como tudo se terá desenrolado e todas as peripécias que a Mossad teve que enfrentar durante essa fase.

 

Porque é que amei este filme?

 

Este filme é excelente, devido em parte ao argumento e à interpretação dos actores (Eric Bana, Ciarán Hinds, Geoffrey Rush). As emoções que os actores passam para o ecrã é incrível, é emocionante.A forma como arquitectam as armadilhas, como os terroristas são assassinados, a sequência dos palestinianos fazerem os israelistas reféns e a tentativa falhada dos tentarem salvar é indescrítivel. Apesar de ser baseado em factos verídicos quis acreditar que os atletas conseguiriam sobreviver.

O dilema moral da personagem interpretada por Eric Bana é outro aspeto emocionante. A personagem de Eric Bana luta entre o dever moral de não assassinar e a missão de querer vingar os atletas mortos.

Quem na posição dele saberia dele o que fazer?

 

Sugestão de companhia:

 

Com alguém, não aconselho a verem este filme sozinha. É de emoções fortes, pelo menos esta é a minha opinião.

 

Vale menu pipocas+bebida?

 

Sim, nem que seja para confortar a alma com aquilo que de pior o ser humano é capaz.

 

Avaliação do IMDb: 7.7/10

 

Espero que ainda assim vejam o filme e gostem :)

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:23

Update da Rubrica Saw it and ?

por Menina ImPerfeita, Quinta-feira, 22.11.12

Olá a todos :)

 

Desde já, quero pedir desculpa porque esta rúbrica anda para lá de desactualizada. As causas são so culpados do costume, por isso, nem vale a pena estar a relatar o que vocês já sabem (trabalho e falta de inspiração).

Para vos compensar, até domingo, vou publicar um rúbrica que está ligada com a realidade militar/política/social e com a realidade do cinema.

Estou-me a referir ao conflito do Médio Oriente e à recente première de Skyfall.

 

A publicação dos filmes vai ser a seguinte:

 

Munique (quinta)

 

A Dívida (The Debt) (sexta)

 

Casino Royal (sábado)

 

Quantum of Solace (domingo)

 

Espero que gostem das rúbricas, vejam os filmes e comentem ;)

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:18

As fotos/vídeos são, na sua maioria, retirados da net. Caso esteja a utilizar alguma imagem ou vídeo , de forma indevida, peço que me contactem através deste mail (somosterriveis@sapo.pt) e será logo retirado. As minhas fotos estão identificadas. Está proibida a sua cópia sem o meu consentimento prévio. Os textos são todos da minha autoria, logo a sua reprodução está expressamente proibida, sem a minha permissão prévia. Cito textos de autores, os quais estão devidamente identificados. Contudo, caso os autores dos textos citados se sintam lesados por algum motivo, peço que me contactem através do mail (somosterriveis@sapo.pt) e eles serão retirados de imediato.


Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    ??????????

  • *Nightwish*

    Não sou grande fã da Pandora, confesso. Mas há uma...

  • *Nightwish*

    Ainda só li os dois primeiros do Robert Langdon do...

  • *Nightwish*

    Força miúda!! Voltei de propósito para te mandar f...

  • zootpum

    Bom ano!Os anos de transição são duros mas são ao ...





subscrever feeds



Pág. 1/3