Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor



calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Visitas ImPerfeitas

Site Meter



Projeto, Projeto e mais projeto... - Parte 2

por Menina ImPerfeita, Domingo, 23.06.13

Olá.

 

Hoje é domingo e mais uma vez, levei na cabeça. O meu pai lá decidiu dar "mais um ar da sua graça" por causa do projeto. Ele pode achar lá no fundo que está ajudar ao dar-me na cebça, mas não ajuda. Não é assim que funciono. Ele decidiu que atirar-me à cara aquilo que já fez a nível académico era uma boa solução, não foi. Cada vez percebo mais quando a minha mãe me conta como era a relação dele com os meus avós e percebo porque ele é assim comigo e antes com a minha irmã. Não havia nenhuma relação entre eles. Nenhuma do género que a minha mãe tem com as suas filhas. E acreditem que a minha mãe podia ter escolhido ser uma pessoa má, sentida, de má com a vida, mas decidiu que ia ser uma mãe que as suas filhas mereciam. E é por isso que as suas filhas fazem de tudo para ver a mãe feliz. Sinto-me triste porque ele não percebe que me está a perder aos poucos, que cada vez mais só lhe conto o que se passa na minha vida "por obrigação" e isso não é bom. Por vezes, admito que sinto uma pontinha de inveja da relação que algumas amigas minhas têm com os pais porque eu também gostaria de ter uma assim com ele. Mas é impossível e já me deixei de sentir culpada por querer sair de casa, assim que sair de casa. Amo a minha mãe, mais que tudo, mas neste ponto vou ser egoísta e vou pensar em mim e na minha sanidade mental.

Só de pensar na possibilidade em não estar com o P. este verão, até me vêem as lágrimas aos olhos. Diz que fez tanta coisa aos 50 anos e fez e não foi fácil. Mas fez porque quis, ninguém lhe pediu. Por isso, não me atire isso à cara, eu também não lhe atiro à cara, aquilo que já fiz na vida. Mas, lá está, dele não vou esperar muito mais.

Disse-me que está a ficar desiludido comigo, só me apetecia dizer-lhe que também estou desiludida com ele pelo pai que é.

 

Só isto...

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 17:29

Projeto, Projeto e mais projeto...

por Menina ImPerfeita, Segunda-feira, 17.06.13

Só me sabe falar do projeto e só sabe mandar bocas, dar sugestões, mandar indirectas...A minha vida não roda somente à volta do projeto, existem pessoas que assim que me vêem, só sabem perguntar sobre o projeto. O projeto isto, o projeto aquilo...

E muito giro dar conselhos, dizer como se deve fazer, pensar que sabe o que é fazer um projeto final de curso. Para todos aqueles que chateiam as pessoas envolvidas num projeto final de curso, deixem-me dizer que aquilo que vocês acham que a pessoa está a passar, é somente mil vezes pior...

 

Peço desculpa por não ser perfeita e não fazer tudo bem à primeira e se principalmente tenho medo (porque sim tenho medo de errar mais uma vez), mas sempre me ensinaram que se aprende com os erros e que mais importante de agradar aos outros, é agradar a ti mesma.

 

Por isso, mais uma vez, peço desculpa se acho que não devo explicações a ninguém, a não ser às pessoas devidas (e mesmo essas deviam pensar duas vezes antes de me darem na cabeça porque isso não ajuda, só piora). Mas yeah, continua assim...Para ti só tenho duas coisas: amor com amor se paga e cá se fazem, cá se pagam.São dois provérbios que me acompanham...O primeiro demorei a aprender, o segundo provérbio já vem desde pequena.

 

xoxo

 

sim, é um post sem sentido, só faz sentido para mim! Não se preocupem que não é para vocês, meus queridos leitores que me têm dado força do outro lado do pc {#emotions_dlg.heart}. Isto é a frustação e raiva acumuladas, demasiado acumuladas!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:09

há dias

por Menina ImPerfeita, Terça-feira, 29.01.13

Há dias em que gostava de usar uma máscara, em que ela sorrisse por mim ...

Há dias em que gostava de ter uma capa para ser invisível e não ter de falar com ninguém...

Há dias em que recebemos as notícias que mais queremos, na pior altura possível...

Há dias em que gostava de fazer a minha rotina normal, sem ser abordada...

Há dias em que gostava de ser surpreendida, sem pedir, sem sugerir...

Há dias em que gostava que as pessoas fossem aquilo que eu espero delas, em pequenas coisas...

Há dias em que só me apetece puxar a colcha e icar a dormir...

Há dias em que só me apetecia ficar no banho, a sentir a água quente a percorrer-me a pele e a lavar a minha alma de todos os meus problemas...

Há dias em que penso que nada vale a pena, mas depois penso que deixar de ser parva vale mesmo a pena...

Sobretudo quando cito a frase de Fernando Pessoa qando ele diz que tudo vale a pena, quando a alma não é pequena...

Há dias em que tudo corre bem e outros que nada corre bem...

Há noites em que adormeço a chorar e acordo com vontade de chorar...

Há dias em que não quero trocar uma palavra, em que elas perdem todo o valor...

Há dias em preferia falar por silêncios, quando estou assim...

Há dias em que silêncios dizem tudo e as palavras não dizem nada...

Há dias em que sinto que o nó da minha garganta me vai impedir de pronunciar uma palavra...

Há dias em que a dor que sinto no meu peito me proibe de ficar bem...

Há dias em que isto tudo acontece...

Há outros que não...

Há dias em que a saudade não é sentida, mas à noite ela é uma constante...

Há dias que gostava que a saudade me levasse para onde a minha alma quer ir...

Há dias assim...

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:48

LOL?

por Menina ImPerfeita, Segunda-feira, 28.01.13

Este fim-de-semana, uma colega de faculdade meteu conversa comigo no chat do facebook. Por norma, até o tento ter desligado, para este tipo de situações não ocorreram. Passo a explicar, ando farta de perguntas sobre o meu projeto, especialmente quando vêm de colegas meus da faculdade. Depois desta situação, de certeza que há pessoas que não vão ter notícias minhas tão depressa. Porquê? Para estas pessoas, aparentemente, só lhes interessa queixarem-se sobre o estado do projeto delas e comparar com outras pessoas que estejam a fazer projeto para ver quem é a mais coitadinha ou quem está mais atrasada (mesmo que sejam de áreas diferentes = tão triste, para não dizer patético).

 

Mas, continuando. Meteu conversa comigo, depois apercebeu-se que não era comigo com quem queria falar, mas com outra pessoa. Pediu desculpa, mas lá perguntou se estava tudo bem (para não parecer mal).

Eu só lhe disse que não havia problema (ou algo deste género) e retribui a pergunta. Ora a pessoa em questão não fez mais nada do que responder e acrescentar como estava a vida profissional dela (algo sobre o qual eu nem perguntei porque imaginei, que tal como eu, não quereria falar sobre o assunto) e acrescenta no final, que não quer falar sobre o projeto dela. Questiona-me se eu já acabei o meu, ao qual lhe dou uma resposta idêntica, ou seja que não me apetece falar sobre o assunto. Ao que ela me responde, "Lol, ok"!

 

A sério? LOL (laughing out loud) para quem não saiba. Não lhe respondi torto, nem lhe mandei nenhuma boca, juro. Mas esta m**** de Lol ficou a remoer cá dentro. Quem é ela, para me dizer Lol? Por acaso acha-se mais do que eu? Por acaso já acabou para poder dar-me lições de moral? Ela não é a minha mãe, nem o meu pai. Muito menos minha orientadora, que aliás são os únicos de quem aceito lições de moral/pressões/sermões. Por isso, guarda as tuas opiniões para ti!

 

Olha minha filha vai para o sítio que estás a pensar e não me venhas com mais lol's porque tu não és a única nessa situação.

 

#GET OVER YOURSELF!

 

xoxo

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:01

desabafo #2

por Menina ImPerfeita, Segunda-feira, 12.11.12

Normalmente, as conversas com o meu pai não são, digamos, pacíficas. Ou ele manda-me uma boca, eu mando-lhe outra de volta. Ou acabamos a discutir de forma silenciosa, ficando eu em silêncio e a não me dar ao trabalho de responder por, simplesmente, não valer a pena.

 

Hoje foi diferente. O assunto foi o mesmo de sempre, o projeto. Indirectas foram mandadas, aguentei-as. Depois de responder ao mini-inquérito. Enfrentei o olhar, não ia haver mais discussão. Houve silêncio. Parece que só o desiludo. Saí o mais depressa que consegui da cozinha.

 

Estou farta de ter que suportar esta sensação. Acho que acabei por os desiludir aos dois. Por vezes, parece que e só isso que faço com as pessoas que mais gosto.

 

Eles ficam desiludidos e eu com o coração partido. Quando é que será o fim? Onde está a luz ao fundo do túnel?

 

Onde?

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 21:26

por vezes, chorar é o melhor remédio...

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 31.10.12

Bom dia.

 

Hoje de manhã recebi um mail do meu orientador, não imaginam o quanto eu tremo quando abro. Abri-o, li-o. Deixou-me em pânico, como sempre. Acho que só vou ter paz quando acabar isto.

Durante toda a manhã tentei não chorar. Estou na biblioteca e ter ataques de choro, não dá muito jeito, só naquela...

Mas não aguentei, há bocadito teve que ser. Chorei, sem ter nenhum ombro para encostar a minha cabeça, sem saber a quem telefonar, sem saber o que dizer, por isso não fiz nada e simplesmente chorei. Chorar não é bonito, principalmente quando se está triste. Chorar estraga a maquilhagem. Chorar deixa os olhos vermelhos e senão tiveres óculos de sol, não dá para disfarçar. Chorar é uma merda, sim é verdade. Mas chorar, por vezes, é necessário, nem que seja para limpar a alma, nem que seja para libertar as energias que nem óculos de sol ou maquilhagem ou sorrisos amarelos conseguem mais esconder.

Chorar é necessário, ainda mais quando todas as citações ou "tudo vai correr bem" deixam de ajudar. Porque chorar limpou-me a alma e deu-me mais força para não desistir, incrível não?

 

Dizem, antes rir do que chorar, mas neste momento nem todos os risos do mundo teriam um efeito tão positivo em mim do que chorar.

 

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:22

Dad #1

por Menina ImPerfeita, Quarta-feira, 19.09.12

Filha (há umas semanas atrás): não quero pôr palha na introdução, bla bla bla...

 

entretanto o meu orientador disse que teria que fazer introdução...

 

hoje o meu pai sai-se com esta:

- quando é que fazes a matrícula?

- quando me for permitido na plataforma da fac...

- para quem não queria pôr palha na introdução e tal...

 

o meu papá adora mandar boquinhas, piadinhas, adora ter sempre razão, apesar de nunca a ter...

 

se ele fosse dar uma curva e me deixasse em paz é que era porque já que não tem nada de positivo para dizer à própria filha, então que não diga PORRA!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:43

Ataque de pânico - parte 2

por Menina ImPerfeita, Terça-feira, 11.09.12

Bom dia.

 

Lembram-se deste post? Fiz uma direta para entregar a versão. Sim, incompleta, eu sei. Mas a maior parte estava feita. Recebi um mail na segunda de manhã a dizer que havia uma possibilidade de ele não ter tempo de não ler e de não ter tempo para comentar, sim já sei. My fault!

 

só de pensar que vou ter que pagar mais um semestre, dá-me vontade de cortar os pulsos (forma de expressão).

 

Sinto-me na m****. Não melhora, mesmo que isto já se tenha passado ontem. Parece um pesadelo que não tem fim.Estive a falar com a minha mãe e não vou baixar os braços. Tenho que continuar, não posso parar.  Vou lutar até ao fim, vou tentar escrever alternativas. Caso ele não entrega os comentários, aceito a sua decisão e lido com isso.

 

Só quero falar com o P., ouvir a voz dele. Já não falamos desde domingo, por causa dos exames dele, e sinto a falta dele. Sinto tanto a falta dele. {#emotions_dlg.cry}

 

xoxo

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 12:22

Ataque de pânico

por Menina ImPerfeita, Quinta-feira, 06.09.12

Se não sabem o que é, também não vos aconselho a sentir um, nem vos explico o que é com medo de vos provocar um. É uma sensação horrível de impotência, de frustação, de cansaço. Senti isto tudo ao ler aquele mail. Saí da biblioteca geral, fui buscar as minhas coisas e saí daquele sítio. Liguei à D., ela já passou pelo mesmo que eu. Chorei, no meio de uma descida, não queria saber se me viam ou não, só precisava de chorar. Precisava de sentir aquele abraço, não foi físico, foi pelo telemóvel, mas tranquilizou-me o suficiente para eu ter forças para almoçar e retomar o trabalho. Tenho até amanhã para entregar tudo. Vou precisar, wish me luck.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 22:20

Last Night

por Menina ImPerfeita, Quinta-feira, 06.09.12

Bom dia.

 

Ontem à noite recebi o telefonema de uma amiga minha, que anda super stressada com exames e afins e sim a mesma que me fez sentir algumas vezes como se eu fosse uma segunda opção. Perguntou-me o que eu tinha, sinceramente não me apeteceu dizer-lhe, isso implicaria competir quem estaria mais fodida da vida (e sejamos sinceras, estamos as duas, por isso, seria uma competição ridícula). Se eu tivesse sido sincera tinha-lhe dito que estava frustada, cansada, que o meu cérebro não dava para mais (tal como o dela), que preciso de descanso, mas que principalmente preciso de sentir que está tudo acabado. Dizia-lhe que ontem senti vergonha, senti vontade de chorar porque o meu pai estava a ser compreensivo comigo (acreditem que é raro porque nós somos parecidos em teimosia e para ver quem tem razão. Modestia à parte, eu tenho quase sempre razão). Dizia-lhe que ele me disse que queria ficar com uma recordação do meu projeto. Pela primeira vez, senti tudo a escapar-me por entre os dedos. Também teria contado isto ao P., mas para quê? Sinto que ninguém me ouve ou que não têm vontade de ouvir (à exepção de algumas pessoas). Sinto que nada do que escrevo faz sentido para as outras pessoas. Só queria um buraco quando recebi uma resposta da ajuda da sapo a dizer que não tinha percebido a minha pergunta e eu pergunto-me se eu não me faço entender numa simples dúvida, em relação ao funcionamento do blog, como é que me vou fazer entender em relação ao meu projeto. E sim, queria dizer isto tudo à minha amiga, até me ter apercebido que ela me tinha ligado, preocupada, com uma dúvida sobre as datas para se inscrever no mestrado. Because let's face it, in one way, or the way, both us are so screwed...

 

xoxo

 

p.s. os meus olhos só querem fechar e descansar,mesmo que isso seja dentro de uma biblioteca universitária...

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:45

As fotos/vídeos são, na sua maioria, retirados da net. Caso esteja a utilizar alguma imagem ou vídeo , de forma indevida, peço que me contactem através deste mail (somosterriveis@sapo.pt) e será logo retirado. As minhas fotos estão identificadas. Está proibida a sua cópia sem o meu consentimento prévio. Os textos são todos da minha autoria, logo a sua reprodução está expressamente proibida, sem a minha permissão prévia. Cito textos de autores, os quais estão devidamente identificados. Contudo, caso os autores dos textos citados se sintam lesados por algum motivo, peço que me contactem através do mail (somosterriveis@sapo.pt) e eles serão retirados de imediato.


Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    ??????????

  • *Nightwish*

    Não sou grande fã da Pandora, confesso. Mas há uma...

  • *Nightwish*

    Ainda só li os dois primeiros do Robert Langdon do...

  • *Nightwish*

    Força miúda!! Voltei de propósito para te mandar f...

  • zootpum

    Bom ano!Os anos de transição são duros mas são ao ...