Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor



calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Visitas ImPerfeitas

Site Meter



Conversa no comboio

por Menina ImPerfeita, Segunda-feira, 25.02.13

Hoje entrei no comboio e depois de me sentar, tomei atenção num senhor que estava ao telemóvel. Visto estar tão perto do senhor e o senhor não falar propriamente baixo, consegui ouvir certas partes da conversa.

 

Ele: Não chores que eu não te estou a fazer mal nenhum!

Pessoa (ouvia-se a chorar)

Ele: Não chores. Manda-me a fotografia que eu fico à espera.

(...)

Ele: Não chores que eu não te estou a fazer mal nenhum! Manda-me a foto que eu fico à espera.

(...)

Ele: Então não sei a que horas estou em Coimbra. Espero por ti cá em baixo. Vamos comer qualquer coisa. E eu vou para minha casa e tu vais para tua, não é?

 

Se antes já tinha reparado nos seus olhos que tentavam a todo o custo conter as lágrimas, desta vez prestei mais atenção e pude ver que esta conversa não era fácil para ele. Se antes tinha pensado de que se tratava de uma conversa engtre pai e filho (a), naquele momento tive a certeza de que conversava com uma pessoa de quem gostava.

 

 

Eu mais uma senhora trocámos olhares e os nossos lábios contraíram-se, como se tratasse de algum automatismo nestas situações.

Uns segundos mais tarde, a conversa entre o senhor e a pessoa continua com ele a perguntar:

 

Ele: E vou para minha casa e tu vais para a tua, não é?

 

Quem disse que as rupturas eram fáceis, não sabe do que fala. Aquele senhor tinha lágrimas nos olhos, mas estava a conter-se com todas as suas forças. Devia estar com o coração partido só de ouvir aquela pessoa a chorar...

 

Antes de chegarmos à paragem, a chamada terminou e eu não consegui ver mais os sentimentos daquele senhor...Suponho que a pessoa que estava do outro lado da linha continuasse a chorar, enquanto aquele senhor continuava a conter as suas lágrimas...

 

Cuz men don't cry, right?

No, wrong!

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 15:29

As fotos/vídeos são, na sua maioria, retirados da net. Caso esteja a utilizar alguma imagem ou vídeo , de forma indevida, peço que me contactem através deste mail (somosterriveis@sapo.pt) e será logo retirado. As minhas fotos estão identificadas. Está proibida a sua cópia sem o meu consentimento prévio. Os textos são todos da minha autoria, logo a sua reprodução está expressamente proibida, sem a minha permissão prévia. Cito textos de autores, os quais estão devidamente identificados. Contudo, caso os autores dos textos citados se sintam lesados por algum motivo, peço que me contactem através do mail (somosterriveis@sapo.pt) e eles serão retirados de imediato.


Comentários recentes

  • omeumaiorsonho

    ??????????

  • *Nightwish*

    Não sou grande fã da Pandora, confesso. Mas há uma...

  • *Nightwish*

    Ainda só li os dois primeiros do Robert Langdon do...

  • *Nightwish*

    Força miúda!! Voltei de propósito para te mandar f...

  • zootpum

    Bom ano!Os anos de transição são duros mas são ao ...


Posts recentes


Posts mais comentados